Cabelos

Você conhece a argiloterapia capilar? Conheça os benefícios!

Argiloterapia capilar

Todo dia novos produtos e procedimentos surgem no universo capilar, tudo para satisfazer as mulheres que estão sempre a procura de novos produtos para deixar os fios ainda mais bonitos. E a última novidade desse mercado é a argiloterapia capilar.

Não é a toa que esse é um dos mercados que mais lucram mesmo com a crise, mesmo sem dinheiro as mulheres não querem ficar com os fios feios ou mal cuidados, por esse motivo elas sempre estão a procura de novos procedimentos ou produtos para manter os fios saudáveis e com vitalidade.

Entre muitas novidades que surgem a todo momento, a última novidade nesse setor é um tratamento chamado argiloterapia capilar.

O que é argiloterapia capilar?

E o que seria esse tal de argiloterapia capilar? A argiloterapia é um tratamento para os fios a base de argila sulfurosa, uma argila muito rica em sais minerais, como o ferro, zinco, magnésio,cálcio, potássio, sílica e sódio.

Todos esses sais minerais tem propriedades que auxiliam na melhora dos fios e também a manter a saúde das madeixas e do couro cabeludo.

A argiloterapia capilar ou peeling capilar ajuda a manter os fios mais saudáveis por eliminar todas as células mortas do fios e do couro cabeludo.

Retirando todas as sujeiras, as impurezas dessas regiões, além de ativar a circulação sanguínea.

Além disso, a argiloterapia capilar tem ação adstringente, desintoxica e tonifica o couro cabeludo.

Esse novo processo também deixa os cabelos mais hidratados e nutridos, deixando a cabeleira com mais saúde e mais bonitos. A máscara também tem ação anti-inflamatório, anti-séptica e renovadora, e tudo isso apenas com produtos completamente naturais.

E se você sofre com a tão temerosa oleosidade nos cabelos, a argiloterapia também é uma boa escolha para você e para seus cabelos. A máscara com a argila realiza uma profunda limpeza nos fios que, automaticamente, remove toda a seborreia – oleosidade – e caspas que podem estar nos seus cabelos, o que resulta em fios mais sedosos, leves e sem a tão temida oleosidade.

Diferentes tipos de argila

Como você já deve saber, existem diferentes tipos de argila e o tipo de argila que você vai usar no seu cabelo também vai ser diferente de acordo com o problema que você quer resolver.

Os tipos mais comuns de argila é a argila preta e a verde. A preta é ideal para ser usada por aquelas mulheres que sofrem com raízes oleosas e também com a queda de cabelo, isso porque a argila preta é muito mais ácida e com mais matéria orgânica do que a argila verde.

Já a argila verde é ideal para quem quer limpar, tonificar os fios, essa argila verde é indicada para as mulheres que tem uma oleosidade comum nos fios.

Mas ainda existe argila branca, vermelha, rosa e roxa, todas essas são ideiais para quem quer limpar e desintoxicar o couro cabeludo.

Mas, assim como as outras duas argilas, cada uma dessas são indicadas para um fim. Por exemplo, a argiloterapia capilar branca é ideal para todos os cabelos. Já a argila vermelha é ideal para as ruivas, pois essa argila age como um tipo de tonificante natural para essa tonalidade de cabelo.

Já a argila rosa é ideal para cabelos secos, isso porque a argiloterapia capilar feita com essa argila tem efeitos hidratantes. E, por último, a argila roxa é indicada para os cabelos platinados e loiros, essa argila age como um desintoxicante nesses dois tipos de cabelos, além de diminuir os famosos fios amarelos.

Tempo de duração da argiloterapia capilar

Como outros procedimentos, os efeitos da argiloterapia capilar não aparecerão da noite para o dia, ou seja, não espere resultados na primeira aplicação e também não ache que uma única aplicação será o bastante para trazer mais vitalidade aos seus fios.

Para você começar a ver os efeitos da argila no cabelo será preciso, pelo menos, dez aplicações da argiloterapia capilar. Por isso será necessário paciência e disciplina se você quer ver seus cabelos usufruírem de todos os benefícios da argila.

Você tem duas opções para aplicar a argila nos fios: a própria argila ou comprar produtos que possuem argila na composição, como é o caso dos shampoos, por exemplo.

Assim os tratamento será constante. Mas você também pode optar pela argila em seu estado natural, isso fica a seu critério. Mas fazendo tratamento corretamente, logo você conquistará cabelos mais saudáveis, com vida, bonitos e com brilho.

Ah, e se você nunca fez a argiloterapia capilar saiba que no começo é normal os fios ficarem mais ressecados, mas isso faz parte do processo, fique tranquila. É parte do processo da argila, que está equilibrados as fibras capilares. Após essa fase você conquistará os cabelos que deseja.

Cada vez mais o mercado de cosméticos vem investindo em produtos melhores para atender uma clientela cada vez mais exigente. Antigamente, uma simples progressiva bastava para essas mulheres, hoje a história é outra.

Esse grupo agora quer cuidar dos cabelos sem agredi-los, apenas com produtos naturais e, de preferência, que traga os mesmos resultados dos processos antigos.

Por isso que processos como a argiloterapia tem se tornando tão comum nos salões de beleza e entre essas mulheres que estão cada vez mais adeptas de processos naturais e que devolvem a vitalidade para seus fios.

E se você faz parte desse grupo, não deixe de experimentar a argiloterapia capilar. Como falamos aqui, existem diversos tipos de argila, cada uma para um tipo específico de problema, e com certeza você achará aquela ideal para resolver o seu problema, o problema dos seus fios.

E se você nunca fez argiloterapia capilar e está com receio dos resultados nos seus cabelos, opte em comprar, primeiro, produtos que tenham argila em sua composição, assim você terá um pouco de noção dos resultados da argila das suas madeixas.

Aí, quando estiver mais segura, você pode seguir para a argila em seus estado natural. O importante é não deixar de usufruir de todos os benefícios da argiloterapia capilar e reconquistar cabelos mais saudáveis, com vitalidade, brilhosos e hidratados.

Leave a Comment

/* ]]> */