Cuidados

Como o consumo de colágeno pode beneficiar sua saúde

Colágeno

O colágeno é uma proteína que dá firmeza e elasticidade à pele, prevenindo o surgimento de rugas e “pés de galinha”. Ele é produzido naturalmente pelo organismo, podendo ser encontrado em hidratantes, suplementos alimentares em cápsulas ou em pó, e também em alguns alimentos.

A principal função do colágeno é dar estrutura e elasticidade à pele, cartilagens, ossos, tendões e ligamentos. Está presente em quase todos os órgãos do corpo, representando por volta de 25% de toda proteína do organismo, sendo que nas mulheres este percentual é menor, o que proporciona uma perda maior de elasticidade da pele.

O colágeno é naturalmente produzido pelo organismo quando mantemos uma dieta equilibrada. Entretanto, alguns hábitos podem prejudicar essa reposição e acelerarem o processo de envelhecimento, tais como:

  • O fumo,
  • Exposição ao sol sem protetores solares,
  • Alimentação desequilibrada,
  • Distúrbios do sono,
  • Má hidratação corporal.

Nas mulheres, além da quantidade de colágeno ser menor, quando ocorre a menopausa há uma deficiência de estrogênio, ocasionando a diminuição da quantidade de células responsáveis pela produção dessa proteína.

Benefícios do colágeno

O colágeno é fundamental para o organismo e responsável pela formação da maioria dos tecidos. Conheça seus benefícios para a pele, cabelos e unhas, músculos, articulações e para os ossos.

Pele

A nossa pele é composta cerca de 70% de colágeno, proteína fundamental para o fortalecimento dos tecidos promovendo a sua elasticidade e resistência. Seu consumo diário previne o aparecimento de celulite e estrias, evitando rugas e o envelhecimento precoce da pele.

Cabelos e unhas

O colágeno está presente na fibra capilar auxiliando no crescimento dos fios. As unhas também são beneficiadas por essa proteína, crescendo mais fortes.

Músculos

O colágeno ajuda a tonificar os músculos, por auxiliar a produção de creatina e arginina, aminoácidos responsáveis pelo crescimento muscular. Quanto maior a presença dessa proteína no organismo, maior será a força muscular.

Articulações e ossos

A ingestão de colágeno seja através da alimentação, ou de suplementos alimentares, não só estimula a produção natural da proteína pelo organismo, como auxilia o seu acúmulo nas articulações, aumentando a atividade das células presentes nas cartilagens: os condrócitos.

O uso do colágeno é utilizado no tratamento terapêutico de atletas que apresentam dores articulares, por ser a principal proteína dos ossos, e responsável direto pelas propriedades biomecânicas, proporcionando resistência e elasticidade ao processo de tração dos ossos.

Consequências da falta de colágeno no organismo

A perda de colágeno pelo organismo ocorre a partir dos 25 anos de idade e a cada ano a perda é de 1%, daí a necessidade da reposição. A falta da proteína pode ocasionar:

  • Fadiga muscular,
  • Enfraquecimento das unhas,
  • Queda de cabelos,
  • Tendinites,
  • Perda de massa muscular,
  • Flacidez da pele,
  • Surgimento de rugas,
  • Distúrbios digestivos,
  • Problemas imunológicos, causando resfriados e gripes frequentes.

Alimentos ricos em colágeno

A partir dos 35 anos de idade, a produção de colágeno pelo organismo diminui, resultando em flacidez da pele, surgimento de rugas, cabelos sem brilho, unhas e dentes fracos, tendões e ligamentos com menor elasticidade e articulações mais rígidas. Através da alimentação é possível repor essas proteínas, ressaltando também a importância de consumir alimentos que estimulem a sua produção.

Aveia

A aveia é fonte de silício, nutriente necessário para a produção da proteína.

Alho

O enxofre presente no alho auxilia a sua produção. O alho também possui dois compostos capazes de reconstruir as fibras de colágeno deterioradas: a taurina e o ácido lipoico.

Chá branco

De acordo com pesquisas, o chá branco previne a ação de enzimas que destroem o colágeno.

Castanhas, amêndoas e nozes

São fontes de vitamina E, auxiliando na produção da proteína e contém ácidos graxos e gorduras poli insaturadas, contribuindo para a vitalidade da pele.

Carnes

As carnes, tanto vermelhas quanto as brancas, joelhos, pés e orelhas de porco são ricas em colágeno. Além disso, possuem vitamina B que estimulam a sua produção pelo organismo.

Frutas cítricas e frutas vermelhas

A laranja é rica em vitamina C, contribuindo para a produção da proteína pelo organismo. A amora e o morango além de conterem vitamina C, possuem ação antioxidante, combatendo os radicais livres, prevenindo o envelhecimento.

Gelatina

A gelatina seja de origem animal ou vegetal é rica em colágeno beneficiando também unhas e cabelo.

Ostras

Ricas em zinco, mineral essencial para estimular a produção da proteína pelo organismo.

Ovos

Fonte de proteína animal, os ovos, como as carnes auxiliam na produção da proteína.

Salmão e atum

Por serem importantes fontes de ômega 3, nutriente que traz vários benefícios para a pele, também auxiliam na produção de colágeno  no organismo.

Soja

A soja e seus derivados, como o leite e o queijo tofu, aceleram a produção da proteína e previvem o envelhecimento.

Vegetais

Por serem ricos em vitamina C, os vegetais de folhas escuras, como a couve, espinafre e brócolis, estimulam a produção da proteína.

Alimentos que estimulam a produção de colágeno

Apesar de não ser fonte direta de colágeno, alguns alimentos estimulam a sua produção:

Alimentos ricos em vitamina C

A vitamina C é encontrada nas frutas, como:

  • Acerola, abacaxi e amora,
  • Caju e cereja,
  • Framboesa,
  • Goiaba,
  • Kiwi,
  • Laranja e limão,
  • Manga, melão e morango,
  • Tangerina,
  • Tomate.

E nos vegetais:

  • Aspargos e agrião,
  • Brócolis,
  • Couve,
  • Espinafre,
  • Repolho e rúcula.

Alimentos ricos em ômega 3

  • Atum,
  • Azeite de oliva,
  • Castanhas,
  • Chia,
  • Linhaça,
  • Salmão.

Além de manter uma dieta que favoreça a produção de colágeno pelo organismo é possível também fazer sua reposição através de suplementos alimentares, como o colágeno hidrolisado. Produzido a partir de ossos e de cartilagem bovina, auxilia na reposição natural da proteína pelo organismo e previne problemas ósseos, como a osteoporose e inflamações nos tendões e cartilagens.

O colágeno hidrolisado, considerado como um complemento para uma dieta saudável, não possui contra indicação, e pode ser consumido diariamente. É encontrado na forma de cápsulas, sachês, que costumam ter a dose diária que é de 8 a 10gr, shakes, barras, em balas e bombons e em algumas garrafinhas de água aromatizada. Além de tudo, ainda auxilia nas dietas de emagrecimento, pois proporciona saciedade, diminuindo assim, a sensação de fome.

Deixe um Comentário

/* ]]> */