Acne

Como evitar espinhas: entenda a origem da acne e aprenda como se prevenir

Quer saber como acabar com as espinhas de uma vez por todas? Clique aqui para conhecer o Método "De cara limpa". Um passo-a-passo completo sobre como acabar com sua Acne. Confira!

>>> Clique aqui para acessar o Método de Cara Limpa!

Nessa página você vai aprender tudo que você o que fazer para não ter espinhas. Leia esse post até o fim e entenda como se prevenir da melhor maneira possível das Acnes.

A acne é uma doença de pele que atormenta a todos, sem distinção de gênero e de raça ou idade. Apesar de não ser considerada uma doença grave de fato, a explosão de espinhas pode provocar danos irreversíveis à pele, deixando cicatrizes e, nos piores casos, os danos vão além da estética, pois pode ocorrer transtornos psicológicos, uma vez que atinge a autoestima e a segurança de quem sofre com o excesso de espinhas.

As temidas espinhas é um mal que pouquíssimas pessoas conseguem evitar, em algum momento da vida elas aparecerão. Porém, por mais que não dê para evitar, é possível tomar certos cuidados e precauções para prevenir a deflagração de espinhas, e também a sua remoção.

Por se tratar de um assunto que acomete a maioria das pessoas, por ser esteticamente feio, por comprometer o bem-estar e deixando danos por vezes irreversíveis, é importante tratarmos melhor sobre esse tema, para entendermos melhor do que se trata as temíveis espinhas e como podemos agir para preveni-las ou removê-las, sem maiores danos.

Qual é a origem das espinhas? 

Atrás daquelas crateras brancas e horrendas eclodidas no meio do nosso rosto – geralmente nos momentos em que nada, absolutamente nada pode aparecer a mais no nosso rosto e acordamos com essa terrível surpresa – tem todo um sistema que já estava ocorrendo há tempos.

Antes daquela pequena elevação branca e cheia de pus no rosto, esteve um cravo que apareceu ali ou pelo crescimento da quantidade de gordura que é produzida pelas glândulas da pele, ou então pelo entupimento dos poros que expelem essa gordura, por onde ela seria liberada. Diante dessa situação, a gordura permanece acumulada ali, sem poder sair, tonando-se um cravo. É o início de tudo, é aquela espinha que você não quer de jeito nenhum tomando forma.

Quer saber como acabar com as espinhas de uma vez por todas? Clique aqui para conhecer o Método "De cara limpa". Um passo-a-passo completo sobre como acabar com sua Acne. Confira!

>>> Clique aqui para acessar o Método de Cara Limpa!

Quando isso ocorre de uma forma desequilibrada, geralmente quando há altos níveis de hormônios, ou então um propício ambiente genético torna-se o cenário ideal para as bactérias se proliferarem. É aí que teremos um ponto de inflamação amarelado, que vai nos assustar assim que acordamos naquele dia importante em que nada pode dar errado.

De uma forma mais direta, o cravo ocasionado por reações naturais do corpo, ao sofrer uma ação bacteriana pela intensificação dessas reações, torna-se uma infecção, que na verdade nada mais é do que um mecanismo de defesa gerado pelo nosso organismo. Essa infecção é o que resulta nas espinhas.

Sabemos então como ela surge e de onde vem. Vimos que elas não resolvem nascer do nada causando irritação, mas que são resultado de um processo que vem ocorrendo há algum tempo.

Mas o que ocasiona esse processo? Quais são os reais fatores que fazem acontecer todo o sistema de eclosão de cravo que depois pode vir a ser uma espinha? É a alimentação? A pele oleosa? Poeira? Pele suja? Hormônios? Faixa etária?

A verdade é que não se sabe afirmar de fato os reais fatores que levam à eclosão das espinhas na pele. Temos apenas indícios. Indícios de que alterações hormonais como a que ocorre na adolescência e na gravidez pode favorecer seu surgimento. O fator genético pode apresentar uma relação, porém também não é determinante.

O sistema imunológico pode contribuir para a formação de lesões, uma vez que algumas pessoas podem apresentar mais sensibilidade em relação as bactérias que eventualmente ficam presas dentro do folículo piloso. Assim, há uma propensão maior à eclosão de espinhas.

Estresse e preocupação é outro fator que favorece o surgimento de espinhas. Não é uma causa determinante, entretanto, pode piorar o quadro uma vez que aumenta a produção de secreção sebácea da pele.

Muitos culpam o chocolate, frituras e comidas gordurosas pelo surgimento de espinhas. O imaginário que circula por aí é que após o pecado da gula de comer uma barra de chocolate seremos duramente punidos por uma pele cheia de espinhas. E a verdade é que não há indícios de que alimentos tenham efeito direto sobre as espinhas. Então, pode ficar mais calmo, as espinhas não são um castigo ou vingança do seu corpo por ter exagerado no chocolate ou na fritura.

Outra ideia que é espalhada por aí é que a pele suja pode favorecer as espinhas. Mais um fato que ainda não foi comprovado.

Porém também há algumas causas que são ditas por aí, que podem não ser uma causa direta, mas podem piorar o quadro de espinhas como o uso de maquiagem, produtos oleosos na pele; alguns anticoncepcionais e alterações hormonais no período menstrual.

evitar-acne

Agora que sabemos um pouco mais das possíveis causas de espinhas e como elas surgem, podemos agora falar sobre o ponto crucial desse assunto: Como preveni-las e como combate-las.

Como prevenir as espinhas: 6 dicas práticas para diminuir suas chances de ter acne.

  1. Sempre remova a maquiagem: Os produtos usados para maquiar cobrem os poros e pode ocasionar a eclosão de espinhas, ainda mais com o uso prologado da maquiagem. Nunca deixe de remover a maquiagem com produtos próprios para isso, caso não haja pode aplicar um pouco de hidratante em um pedaço de algodão e fazer a limpeza da pele. Após a aplicação, lave o rosto para que o excesso de oleosidade possa ser retirado.

Além disso, se você tem pele oleosa, a utilização de sabonetes próprios ajudam no controle de oleosidade dos poros e pode evitar a deflagração de espinhas.

  1. Alimentação saudável: Por mais que o consumo de alimentos gordurosos e chocolates não causem acne diretamente, sabemos que uma alimentação saudável favorece a saúde da pele. O consumo de verduras e alimentos ricos em vitamina A diminuem a produção de gordura na pele.
  2. Esfoliação da pele: Alguns tratamentos de pele, assim como alguns produtos naturais ajudam na manutenção da saúde da pele e limpeza dos poros. Como a exemplo da esfoliação que retira as células mortas e ajuda na desobstrução dos poros e hidratação da pele, logo, previne a acne.

Atenção: Alguns tratamentos, apesar de benéficos não devem ser feitos em caso de uma grande inflamação da pele com muitas espinhas.

  1. Se você tem cabelo oleoso, é importante lava-lo com frequência para que a oleosidade do cabelo não atinja o rosto.
  2. Não esprema as espinhas: Por mais que seja tentador espremer as espinhas e dê a impressão de que vai melhorar, só piora a situação, uma vez que a ao espreme-las pode espelhar a infecção por outras partes da pele e, além disso, provocará uma cicatriz.
  3. O uso de vitaminas, principalmente do complexo B, ajudam a regular a oleosidade da pele e pode ser um importante aliado na prevenção da acne.

Gostou dessas dicas? Faça de tudo para que você tenha um rosto sem espinhas ;). Abaixo nós listamos os tratamentos mais comuns para remover a Acne.

Tratamentos mais comuns

Por mais que se tome cuidado e tente prevenir as espinhas, elas podem surgir e se espalhar pela pele. Para essas peles acneicas, outros cuidados devem ser tomados, de acordo com o grau de intensidade.

Para casos leves de acne há produtos em gel de uso tópico que podem ser utilizados.

Já em casos graves recomenda-se a utilização de antibióticos e anti-inflamatórios que agirão nos níveis de produção de gordura do organismo. O uso desses medicamentos geralmente é feito via oral.

No caso das mulheres, há ainda a opção de pílulas anticoncepcionais para regular a incidência de espinhas.

Há também uma opção natural para o combate à acne: Compressas de camomila. Por se tratar de um anti-inflamatório, pode agir no aspecto das espinhas.

É importante destacar que, apesar de haver tratamentos e formas de se combater a acne, isso deve ser feito sob a orientação e supervisão de um especialista na área. Consulte um dermatologista antes de se aventurar em diferentes tipos de tratamento, ele saberá analisar o nível de intensidade das espinhas e indicar a melhor forma de agir, de acordo com seu tipo de pele.

Quer saber como acabar com as espinhas de uma vez por todas? Clique aqui para conhecer o Método "De cara limpa". Um passo-a-passo completo sobre como acabar com sua Acne. Confira!

>>> Clique aqui para acessar o Método de Cara Limpa!

Leave a Comment

/* ]]> */