Acne

Dermaroller ou microagulhamento: benefícios, riscos e cuidados

Dermaroller microagulhamento

Mais um grande aliado para a sua beleza estética, o dermaroller é o aparelho que vai revolucionar o modo como você cuida da sua pele. Quer saber como esse dispositivo é usado e quais são os seus tão falados benefícios para a dermatologia moderna?

Num artigo que ainda abrange desde suas indicações e definição até os melhores cuidados para antes e depois do procedimento, é só vir conosco para conhecer o dermaroller e já começar a repensar suas técnicas de cuidado com a pele.

O que é a técnica

Também chamada de técnica de microagulhamento, o processo com o dermaroller é um método de tratamento estético onde pequenas agulhas de aço cirúrgico estão dispostas de forma a visar a melhora da pele.

A partir de sua aplicação no local desejado, o dispositivo já começa a melhorar a dilatação dos pequenos vasos sanguíneos, que vão estimular a produção de colágeno e até aumentar a absorção da pele por diversos remédios tópicos.

Assim, o dermaroller já apresenta sua primeira grande vantagem: ele é indicado mesmo para quem apresenta problemas diversificados na pele.

Como algumas dessas indicações, estamos citando as principais logo abaixo para você já virar fã:

  • Estrias;
  • Flacidez;
  • Mancha de pele;
  • Cicatriz de espinha e acne;
  • Envelhecimento;
  • Marcas de queimadura.

Como funciona o dermaroller

Ao penetrar na sua pele, as microagulhas do dermaroller estimulam o organismo a produzir ainda mais elastina e colágeno, elementos necessários para a restauração da pele e vitais para manter a sua estrutura sempre firme.

E saiba ainda que essa produção ajuda a recompor a reorganizar todas as camadas e fibras internas, o que garante vigor e brilho para corpo e face, além de uma redução sensível de rugas aparentes e cicatrizes decorrentes de acnes.

Outro ponto eficiente do dermaroller é que, devido ao método de incisão das suas microagulhas, o método ainda auxilia na rápida e segura absorção de remédios que precisam ser absorvidos pelo local.

Isso porque a nossa própria pele pode ser uma barreira para a penetração de diferentes tipos de ativos que precisam entrar em nosso organismo e ter sua ação efetiva e potencializada.

Dermaroller microagulhamento

Outra boa notícia é que você pode utilizar o método em praticamente qualquer área do corpo. Entre as áreas mais comuns para realizar a técnica de microagulhas de dispositivo dermaroller, confira abaixo as que estão sempre em destaque.

  • Seios;
  • Pescoço;
  • Braços;
  • Face;
  • Colo;
  • Abdômen;
  • Coxas.

Vale lembrar que ele ainda pode ser realizado no couro cabeludo, garantindo ótimos resultados para quem precisa melhorar a circulação e a estimulação sanguínea da cabeça.

As aplicações

Fique atenta! Os locais mais adequados para você investir em sessões de dermaroller são em consultórios e clínicas médicas especializadas, porque o método demanda a aplicação de produtos anestésicos e, em alguns casos, até anestesia local. Sem falar que o tamanho das microagulhas empregadas podem variar caso a caso, aumentando os riscos de erros e demais complicações.

O primeiro passo é a aplicação de um anestésico, cerca de quarenta minutos antes da execução. E, como você já viu conosco, a técnica do dispositivo é a inserção de microagulhas em áreas cutâneas a serem tratadas. Mas você sabe o tamanho dessas agulhinhas?

Calma, pode ficar tranquila. Apesar de elas estarem dispostas em forma de rolo e serem produzidas em titânio ou aço cirúrgico, seu comprimento costuma ser de no máximo três milímetros e apresentar apenas um de diâmetro.

Para você ficar ainda mais sossegada, saiba que a maior parte das microagulhas chega a penetrar no máximo dois milímetros na cútis e, quanto mais delas houver no dispositivo de dermaroller, menor sua penetração.

As sessões

Como prática comum, podem ser realizadas apenas de três a quatro sessões de dermaroller, seguidas sempre com um mês de pausa para a cútis se recuperar totalmente. Para você não se perder no tempo, saiba que uma sessão do procedimento chega a ter de meia a uma hora de duração.

Mas essa quantidade de sessões e o tamanho dessa pausa vão depender de caso a caso, variando da necessidade, propósito que se quer com o método e os tipos de microagulhas empregadas.

Os cuidados

Bem antes que qualquer sessão com as microagulhas do método de dermaroller, siga nossas dicas sobre os principais cuidados sobre o antes e depois do procedimento.

Dermaroller microagulhamento

Antes

Aqui os cuidados vão depender muito do tipo de pele que a pessoa possui. No caso de pacientes que têm peles escuras, ela deve preparar a área com antioxidantes e clareadores especiais cerca de um mês antes, tudo conforme sua orientação médica. Outra dica antes do dermaroller é a interrupção de produtos cutâneos ácidos e abrasivos entre três e quatro dias antes do procedimento.

Depois

Quase sempre, depois do emprego das microagulhas do dermaroller, é comum que sua pele apresente algumas crostas, certa descamação, ardor, leve inchaço e até vermelhidão, além de hipersensibilidade ao calor, frio e exposição solar.

Para esses casos, indicamos a aplicação de produtos como água termal para abrandar a cútis, assim como demais antibióticos e cicatrizantes específicos indicados pelo seu médico. Apenas é importante ressaltar que você não use água quente no local durante as primeiras vinte e quatro horas e jamais toque a área.

Sem falar que você precisará evitar a luz solar durante os próximos cinquenta dias, com o suporte de filtros e bloqueadores solares, com o objetivo de evitar a produção de manchas e marcas cutâneas. E caso surjam algumas casquinhas, não as remova, certo?

As contraindicações

É importante você visitar um médico antes do procedimento, ainda mais as pessoas que têm disfunções com coagulação do sangue, usam anticoagulantes, diabéticos e doenças ou lesões cutâneas, além de herpes ou acnes severas.

Para casos de pacientes com tendência à formação e produção de queloides, é preciso sempre uma avaliação médica prévia.

As complicações

Para as sessões de microagulhas do dermaroller, podem ocorrer certas complicações e riscos ainda maiores se as dicas não forem seguidas. Confira as possíveis complicações que listamos abaixo:

  • Infecções secundárias;
  • Escurecimento da área;
  • Herpes.

Deixe um Comentário

/* ]]> */