Cuidados Manchas de Pele

Hidroquinona: para que serve, como usar e efeitos colaterais

Hidroquinona

Quando se trata de conservar ou ressaltar ainda mais a beleza, a mulher sempre faz o que pode. E quando falamos do rosto, a preocupação é ainda maior. Em algumas situações, entretanto, a preocupação com a beleza está mais ligada a questões de saúde, como é o caso de manchas na pele, notadamente no rosto, que pode até mesmo afetar a autoestima da pessoa.

É aí que algumas mulheres apelam para qualquer santo e, um dos que tem aparecido nos últimos tempos, é o tratamento com hidroquinona.

Nem todo mundo já ouviu falar dessa nova alternativa, mas, já são muitas as mulheres aventurando-se por esse novo tratamento, na esperança de corrigir manchas na pele do rosto, não interessa qual foi a sua origem. Eliminar as manchas algumas vezes passou a ser obsessão.

Produto que provoca controvérsias

Muitas já passaram por todo tipo de alternativa, com tratamentos que vão de pomadas a ácidos, de cremes a hidratantes e regeneradores antioxidantes que prometem maravilhas. Mas, que nem sempre resolvem. Então, surge a notícia desse novo tratamento à base de hidroquinona e, não há alternativa, o negócio é também ir atrás dessa tábua de salvação.

Mas, será que a hidroquinona ajuda mesmo? Será que é a solução para retirar manchas do rosto? Sim e não. Então, como há controvérsias e, em se tratando de saúde, é preciso ter todo o cuidado do mundo, vamos devagar.

Se mal aplicada, pode ter efeitos graves

É verdade que a hidroquinona chegou prometendo mil maravilhas para a pele, especialmente para o rosto, de todas as pessoas. O que, claro, agradou muito às mulheres, as que mais se preocupam com esse tipo de coisa – e com razão. E os especialistas, sejam médicos dermatologistas ou esteticistas, concordam que se trata de excelente alternativa – mas, desde que devidamente aplicada.

Essa é a grande questão. Há casos conhecidos em que mulheres fizeram aplicações com hidroquinona, mas, sem os devidos cuidados e sem as precauções necessárias e que a droga exige. Se não for bem aplicada, pode ter muitos efeitos colaterais e altamente prejudiciais à pele.

Como é ácido, fuja da auto aplicação

Ou seja, em vez de ajudar, não apenas atrapalha como ainda pode piorar a situação anterior, provocando mais manchas sobre a pele. Isso mesmo: se não for aplicada com os devidos cuidados, a hidroquinona pode piorar a situação das manchas na pele de seu rosto.

Então, a primeira recomendação dos especialistas é jamais buscar a auto medicação, também neste caso da hidroquinona como solução para manchas da pele. As aplicações só devem ser feitas com a devida orientação médica e, de preferência, a partir de receitas de dermatologistas, que são os especialistas no assunto.

Hidroquinona

Combate todo tipo de manchas na pele

A hidroquinona é um composto orgânico natural e aromático e usado para o clareamento da pele. Em farmácias, pode ser encontrada sob diversas denominações, conforme o laboratório fabricante. Trata-se de substância que, aplicada sobre a pele, age pela despigmentação e inibição da produção de melanina pelas células, impedindo que se acumule em determinado lugar – ou seja, nas manchas.

Isso significa que a hidroquinona efetivamente pode reduzir as manchas na pele provocadas por sardas, acnes, espinhas, catapora ou até mesmo pelo excesso de sol. Ao ser aplicada sobre a pele, ela age destruindo aqueles depósitos em excesso da melanina.

Aplique à noite e use filtro solar

A aplicação também é bastante simples. Basta pegar a pomada e aplicar suavemente com um algodão sobre o rosto, depois deste ter sido bem lavado e seco. Não pode ser aplicado sobre cremes ou qualquer tipo de maquiagem, o que, aliás, pode tornar-se perigoso. Então, repetindo, pele lavada, limpa e seca. E, de preferência, faça essa aplicação à noite, longe do sol.

É que como se trata de um ácido, a pele tratada com hidroquinona ficará sensível e, exposta ao sol, fica ainda mais sujeita às ações dos raios solares. E pode manchar com incrível facilidade, anulando seu efeito positivo e até provocando efeitos ainda mais nocivos à pele – o surgimento de manchas ainda mais escuras.

Busque a orientação de dermatologista

No dia seguinte à aplicação da hidroquinona, a pessoa não pode sair à rua sem a aplicação de um potente creme de proteção aos raios solares. E precisa ser um filtro solar bastante eficiente, de no mínimo fator 30. Lembre-se: com a aplicação da hidroquinona, sua pele perdeu a proteção externa, está mais fragilizada e pode ser danificada facilmente pelo sol. Por isso a necessidade de um filtro solar potente no dia seguinte.

Outra recomendação importante é sobre as informações acerca do medicamento. Então, só use com orientação de um dermatologista. E, mesmo com a receita médica, não deixe de ler a bula do medicamento á base de hidroquinona que você acabou de comprar. Leia e preste muita atenção a todas as orientações dessa bula.

Hidroquinona

Não aplique nas axilas e virilhas

A aplicação é feita diretamente na pele, sob a forma de massagem leve com um algodão umedecido pela pomada. No caso de aplicação em outras regiões do corpo, fora o rosto, a aplicação é recomendada com muita cautela.

Nas axilas e virilhas, por exemplo, que são áreas sensíveis e sofrem a fricção com roupas e com a própria pele, a hidroquinona pode provocar irritação, vermelhidão e dores intensas. O melhor é não aplicar nessas regiões.

De início, até duas aplicações diárias

Não espere que suas sardas ou outras manchas da pele comecem a sumir de um dia para o outro, como num passe de mágica. Trata-se de um medicamento e, por isso, as reações aparecem depois de alguns dias da primeira aplicação.

No início, podem ser feitas duas aplicações diárias e, caso não apareçam reações alérgicas, mantenha essa aplicação dupla e diária por um mês. Depois desse período, a aplicação deve passar a uma única vez por dia e, um pouco mais à frente – mais um mês -, faça aplicações a cada dois dias.

Tratamento eficiente, mas com cuidados

Os resultados começam a aparecer depois da primeira semana da aplicação e, aos poucos, você vai sentir que sua pele está ficando mais branca e lisa, sem manchas. Após o primeiro mês, os resultados tornam-se mais evidentes.

Então, é assim: a hidroquinona pode, sim, ser um excelente tratamento para o branqueamento da pele e eliminação de manchas, mas, desde que tomados os devidos cuidados. Vá em frente com todo o carinho, que sua beleza merece.

Deixe um Comentário

/* ]]> */