Acne

Os melhores remédios para espinha

A acne é uma doença que costuma incomodar bastante quem sofre dela, e o aparecimento de espinhas que costuma começar na adolescência pode ainda durar por muitos anos. As espinhas são erupções cutâneas causadas por diversos motivos, estresse, alimentação, sujeira acumulada na pele que fecha os poros e causa inflamações, questões hormonais, uso de certos medicamentos, etc.

Quando o caso de espinhas é um pouco mais severo, o mais indicado é que ele seja tratado com um profissional, e por isso, procurar um dermatologista é essencial. Os remédios que costumam agir no combate a acne normalmente são muito fortes e precisam ser receitados de acordo com a pele e com o tipo de acne do paciente.

Existem muitos tipos de remédios para espinha no mercado, e eles podem se encontrar no formato de comprimidos e cremes, por exemplo. Outro fato importante é que esses remédios sempre vêm acompanhados de outros cuidados necessários com a pele, onde alguns a deixam ressacada, ou onde outros simplesmente precisam de outros produtos para complementá-los no tratamento.

Sendo assim, sabonetes, cremes, loções, adstringentes, hidratantes e outros produtos provavelmente terão de ser utilizados juntamente com o remédio indicado pelo dermatologista. Lembre-se que o que combate a acne é um tratamento e que ele normalmente demora alguns meses para dar resultados mais efetivos.

Posto isso, vamos ao principal, qual é o melhor remédio para espinhas afinal? Isso dependerá muito de cada caso, uma vez que existem alguns tipos de acne, tipos de espinha, tipos mais agressivos e outros mais leves e o dermatologista saberá indicar qual deles é melhor para a sua pele. Porém, os remédios mais utilizados nesses casos, são:

Antibióticos: Os mais conhecidos para combater as espinhas são a tetraciclina, a azitromicina e a lineciclina, que melhoram casos de inflamações avançadas. Esses remédios normalmente são encontrados em formato de comprimido, porém, um dermatologista poderá receitar uma pomada ou creme especial que deverá ser manipulado com compostos de determinado antibiótico. Juntamente deles, você provavelmente precisará utilizar cremes, sabonetes ou outros hidratantes, uma vez que o tratamento é longo, podendo durar cerca de seis meses e que pode deixar a pele bem seca.

Anticoncepcional: A escolha pelo anticoncepcional normalmente tem a ver com problemas hormonais. Como já colocado aqui, caso os hormônios estejam desregulados, é bem provável que essa seja uma causa para o aparecimento de espinhas, e nesses casos, esse tipo de remédio será a escolha principal do dermatologista. Mais uma vez é importantíssimo consultar um médio especializado, uma vez que não são todos os anticoncepcionais que funcionam no combate a acne, uma vez que para isso eles deverão conter em sua fórmula o etinilestradiol.

Corticoide: O corticoide é um remédio bastante forte e que poderá desregular diversas funções do corpo, levando problemas e efeitos colaterais ao fígado, causando colesterol alto, hipertensão e até mesmo diabetes. Indicado apenas para casos mais extremos onde as espinhas estão muito inflamadas, duras e aparecem em excesso, o corticoide deverá ser utilizado com bastante cuidado e segundo as indicações do dermatologista.

Isotretinoína: Muito eficaz para casos mais graves, o uso da Isotretinoína é um dos tratamentos mais indicados e que tem se popularizado bastante. Conhecido como Roacutan, esse remédio trabalha diminuindo a secreção, a proliferação de bactérias e a formação de espinhas.

Normalmente utilizado como último caso ou em casos onde o dermatologista já sabe que só um remédio bastante forte irá resolver, o Roacutan pode apresentar diversos efeitos colaterais e apresenta diversas restrições, onde o paciente, por exemplo, não poderá de jeito nenhum consumir bebidas alcoólicas, e em caso de mulheres, não poderão engravidar com o risco de o bebê nascer com má formação.

roacutan

O Roacutan é um remédio tão forte que é preciso fazer consultas de acompanhamento, e assinar termos de responsabilidade para utilizá-lo, porém, esse é considerado o melhor remédio no combate a acne, e que realmente funciona nos casos mais graves.

Outros cuidados deverão ser tomados juntamente com o uso do Roacutan, onde ele deixará a pele e lábios extremamente secos e precisando de hidratação por várias vezes ao dia. Com receita para ser comprado, o dermatologista mais uma vez, é essencial.

Vitacid Acne:  O vitacid é um remédio que possui um antibiótico em sua fórmula, a tretinoina, e ele é mais indicado para os casos mais leves de acne, porém, também precisa de receita para ser comprado.

Tetralysal: Mais um remédio indicado para casos mais leves, o Tetralysal é fornecido em capsulas e também necessita de receita para ser adquirido.

dsc00590_0

Adapaleno: Utilizado para casos um pouco mais complicados de acne com inflamações maiores, o Adapaleno é um gel que pode ser utilizado apenas por adultos. A receita também é necessária para compra-lo.

Dermazelaic: Composto pelo ácido azelaico, o Dermazelaic é um medicamos para casos mais levas da acne, porém, por se tratar de um ácido, necessita de receita para ser comprado.

Como vimos até aqui, todos os remédios mais indicados para as espinhas precisam de receita para serem comprados, uma vez que sempre têm em sua fórmula componentes mais fortes como ácidos e antibióticos, e por isso, a consulta a um dermatologista é essencial.

Se o seu caso é mais leve e você tem apenas algumas espinhas no rosto, pomadas, cremes, e cuidados diários são mais indicados para o caso, e por isso, é bom lembrar que antes de fazer o uso de qualquer medicamento, é preciso trabalhar no passo mais importante no combate as espinhas: a prevenção.

Para prevenir o aparecimento de espinhas é preciso tomar alguns cuidados diários, e entre eles, os mais importantes –e também simples- são:

lavar

Lavar o rosto: Essencial para manter a saúde da pele e para mantê-la livre de espinhas. Lavar o rosto é importante para acabar com as sujeiras acumuladas no dia a dia, prevenindo que elas fiquem alojadas na pele e que causem inflamações. Sendo assim, é indicado lavar o rosto toda manhã com um sabonete anti-acne indicado para o seu tipo de pele, e a noite, antes de dormir, tirando todas as impurezas acumuladas. No caso do uso de maquiagem, escolha um demaquilante apropriado, tire toda a maquiagem e depois lave o rosto com o sabonete.

Alimentação: Manter uma boa alimentação é também muito importante para manter a pele bonita e saudável. É verdade que existem mitos como em relação ao amendoim e ao chocolate, onde eles seriam causadores diretos de espinhas, porém, apesar do mito, é bom lembrar que se consumidos em excesso, eles podem sim causar espinhas por serem muito gordurosos.

O caso é que no caso de alimentos muito gordurosos, eles estão ligados ao aparecimento de espinhas, pois ela trata exatamente do acúmulo de oleosidade na pele, por isso, manter uma alimentação saudável, com alimentos leves como frutas e verduras, ajudará muito a diminuir o aparecimento de espinhas. Você precisará parar de comer tudo o que gosta? Não, porém, se controlar fará bem para a pele e para a sua saúde.

Protetor solar: Deve ser usado diariamente, e é muito importante tanto para proteger a pele do sol e deixa-la saudável, como para impedir que as espinhas escureçam, e que até mesmo nasçam, uma vez que funciona como uma camada de proteção as impurezas da rua.

Veja também:

Leave a Comment

/* ]]> */