Espinha nos lábios? Saiba como eliminá-la e entenda quando se preocupar

Espinha nos lábios? Saiba como eliminá-la e entenda quando se preocupar

Não tem nada mais desconfortante que uma espinha no rosto. Até porque, além de deixar a pele com aparência indesejável, também costuma ser bastante dolorida e chamativa, o que faz com que muitas pessoas a toquem demasiadamente de maneira a expulsá-la dali o mais rápido possível, o que, na verdade, como você já deve saber até aqui, é uma tarefa quase impossível e que pode apenas piorar a situação.

Mas, se ter uma espinha bem no meio do rosto já é um pesadelo, você já imaginou como seria ter uma espinhas nos lábios?

Sim! Ela existe e costuma ser bem pior do que qualquer outra.

Além da dor incessante, causada por conta da região ser bastante sensível, também é um local do corpo de movimentação contínua, a qual estamos sempre utilizando para falar, comer, beber, higienizar os dentes e para beijar o namorado ou namorada.

Por isso, tenha certeza de que não há nada pior que uma espinha nos lábios.

Como se já não bastasse tudo isso, também é válido pensar que aquele pontinho vermelho incomodando pode até mesmo não ser uma simples espinha, mas uma doença com quadro mais grave, como a herpes.

Se você está sofrendo com uma espinha nos lábios e quer saber como eliminá-la de uma vez por todas, continue lendo esse artigo até o final e confira dicas infalíveis para acabar com o problema!

Como surge a espinha nos lábios?

A espinha nos lábios, assim como qualquer outra, aparece nessa região pelos mesmos motivos que as demais acnes pelo corpo.

A obstrução (entupimento) dos poros, causada pelo excesso de oleosidade da pele, acaba causando uma inflamação que, em contato com algumas bactérias, acarretam o aparecimento da lesão, que conhecemos popularmente por espinha.

Como os lábios são como qualquer pele do corpo, eles também contêm poros, que podem ser facilmente entupidos pela gordura presente nos alimentos que consumimos, bem como por substâncias oleosas presentes em batons, protetores labiais ou outros tipos de maquiagem.

Outros motivos podem estar relacionados ao toque na boca com as mãos sujas, que podem estar cheias de bactérias e suor, que também provocam o surgimento de acnes, assim como a falta de higiene bucal, transpiração excessiva ou alterações hormonais.

Seja qual for a razão pela qual a espinha apareceu nos seus lábios, o mais importante a saber é que você tem uma predisposição genética ao problema, que apenas foi desenvolvido por conta de algum desses fatores que mencionamos acima.

Neste caso, vale uma consulta com um médico dermatologista para verificar as chances de um acompanhamento contínuo para prevenir outras acnes.

Espinha ou herpes? Aprenda a identificar

Apesar de ser bastante comum, nem sempre uma lesão nos lábios pode ser uma espinha. Isso porque os sintomas da acne também são bem parecidos com uma doença sexualmente transmissível chamada herpes, que acomete boa parte da população e nem sempre é levada em consideração neste sentido.

A herpes, que é contagiosa e pode ser transmitida de pessoa para pessoa através de um beijo ou toque labial em objetos infectados, como talheres ou toalhas, também faz com que apareçam inflamações ou bolhas nos lábios ou ao redor delas, causando dor e irritação, assim como a espinha.

No entanto, a principal diferença entre as duas é que a herpes labial, antes de se manifestar, provoca a sensação de formigamento, ardor ou coceira na região que será potencialmente afetada.

Além disso, ela também costuma permanecer por semanas na região, o que normalmente não acontece com uma acne. Portanto, os principais sinais que você deve observar para saber se está com uma espinha nos lábios ou uma herpes são o seu tempo de permanência na região, bem como a intensidade das dores, uma vez que esta última costuma ser bem mais desconfortante e dolorida.

Em todo caso, a principal recomendação é procurar um médico dermatologista o mais rápido possível para verificar o seu caso.

Afinal, a herpes labial não tem cura e tende a ser uma doença silenciosa, com um vírus que se aloja no corpo para sempre e se manifesta apenas de tempos em tempos, fazendo com que o paciente se confunda com inflamações comuns, como uma espinha. Cuide-se!

6 dicas para exterminar rapidamente a sua espinha nos lábios

Espinha nos lábios

Uma espinha nos lábios é mesmo muito incômoda e dolorosa. Por este motivo, saber lidar com ela e eliminá-la aos poucos é um requisito primordial para ficar livre do problema rapidamente, sem dores ou cicatrizes. Confira abaixo as principais dicas para eliminar de vez a sua espinha nos lábios!

1 – Não esprema!

Assim como todas as outras acnes que surgem no nosso corpo, uma espinha nos lábios jamais deve ser espremida. Essa atitude só fará com que o quadro se agrave, causando inchaços e futuras cicatrizes que você não quer ter.

Além disso, apertar, esfregar ou espremer a acne deixará a região ainda mais irritada e inflamada, causando dor e desconforto para comer, beber e higienizar os dentes, por exemplo.

2 – Evite tocá-la muitas vezes

Cutucar a espinha o tempo todo só fará com ela fique mais inchada e mais inflamada, uma vez que as nossas mãos costumam ser cheias de bactérias. Mexer na acne nos lábios muitas vezes será uma maneira trágica de deixá-la mais dolorida e grande, além de fazer com que ela demore o dobro do tempo normal para se curar.

3 – Não use cosméticos químicos

Por mais que você queira esconder a espinha, utilizar cosméticos na região só causará um maior entupimento dos poros da área afetada, fazendo com que a inflamação piore, fique ainda mais dolorida e demore mais tempo para se curar.

Portanto, se você é mulher, evite batons ou brilhos labiais neste período para não agravar o caso. Se você é homem, deixe o seu protetor labial de lado por um tempo até que a acne vá embora.

Caso não seja possível abandonar os produtos, opte por usar aqueles à base de óleo de oliva ou pantenol, que são compostos menos propícios a pior a espinha ou causar mais acnes.

4 – Limpe a boca após comer ou beber

A higiene bucal também é um fator primordial para você se livrar da espinha nos lábios. Migalhas ou restos de alimentos deixados sem você perceber na região podem aumentar a proliferação de bactérias e, portanto, provocar o surgimento de acnes.

5 – Utilize creme dental sem aroma ou sabor

Pastas de dente com perfume ou sabor possuem substâncias químicas que podem irritar a pele e aumentar a produção de sebo (oleosidade) nos lábios. Por isso, a dica para evitar a acne é investir em produtos neutros para fazer a higienização da boca.

6 – Beba muita água

Tomar bastante água pode ajudar a expulsar as bactérias, além de ajudar na limpeza da pele de dentro para fora. Por isso, beba pelo menos 3 litros de água por dia para evitar o aparecimento de espinhas.

Aprenda receitas caseiras infalíveis para tratar a sua espinha labial

Gelo

Colocar gelo sobre a sua espinha nos lábios pode ajudar a combater a inflamação e a vermelhidão, além de aumentar a contração dos vasos sanguíneos, uma ótima estratégia para extrair um pouco de óleo e bactérias da região e acelerar o processo de cura. Por isso, a dica é envolver o cubo de gelo em um pano ou guardanapo limpos e colocá-lo sobre a espinha nos lábios por alguns segundos. Repita isso várias vezes durante o dia para obter os resultados.

Suco de limão

A acidez dessa fruta provocará a morte das bactérias e acelerar a secagem da espinha nos lábios. Por isso, a dica é fazer o suco, mergulhar uma haste flexível (cotonete) na bebida e aplicar na espinha antes de dormir. Lembre-se que o suco deve ser natural, diretamente da fruta, e não industrializado, uma vez que este pode conter conservantes que irritam a pele e pioram a situação.

Vapor

Expor a sua espinha nos lábios ao vapor pode abrir os poros e fazer com que possíveis sujeiras ou bactérias saiam do local da infecção. O resultado será de menos inflamação e dores, além da prevenção de novas acnes. Por isso, a dica é aproximar os lábios do vapor de uma bacia com água fervente por um período de 20 a 30 minutos para eliminar a sua espinha.

 Álcool em gel

Além de limpar a boca depois de comer e beber, é preciso potencializar a higienização dos lábios com um álcool em gel. Coloque um pouco na ponta dos dedos e aplique na espinha, massageando delicadamente para remover as bactérias que possam estar presentes na região.

Compressa

Faça compressas com água quente no local afetado pela espinha pode ajudar a amenizar a inflamação, inchaço e dor. Mergulhe um pano ou toalha limpos em água quente e coloque por alguns segundos sobre a acne.

Óleo de lavanda

Depois de lavar bem a boca e aplicar o álcool em gel, uma boa dica é usar o óleo de lavanda. Embebe um algodão no produto e aplique no local delicadamente. O óleo possui propriedades anti-bacterianas e é essencial para ajudar na cura, minimizando a vermelhidão e o inchaço provocado pela espinha.

Artigos relacionados

Microdermoabrasão para estrias: use o peeling de cristal para tratar essas marcas na pele

Microdermoabrasão para estrias: use o peeling de cristal para tratar essas marcas na pele

Sabonete de enxofre para acne: confira os benefícios desse produto!

Sabonete de enxofre para acne: confira os benefícios desse produto!

Benzac: Tudo sobre esse produto para tratamento da acne

Benzac: Tudo sobre esse produto para tratamento da acne

No Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *